Boletim do Câncer

Boletim do Câncer
home · Notícias Sobre o Câncer · Modificações da dieta aumentam as chances de sobrevida no câncer de mama

Modificações da dieta aumentam as chances de sobrevida no câncer de mama

Um estudo do Women’s Health Initiative, envolvendo 48.835 mulheres, na menopausa, com idade entre 50 e 79 anos, mostrou que a redução da ingestão de gorduras para 20% das necessidades energéticas e o aumento no consumo de frutas, grãos e vegetais, elevou a taxa de sobrevida das mulheres tratadas por câncer de mama.

Durante 8,5 anos de intervenção dietética a incidência e as mortes, como resultado do câncer de mama, foram mais baixas nas pacientes submetidas a intervenções dietéticas –, mas sem diferenças estatisticamente significativas.

No entanto, as mortes por neoplasia de mama com a intervenção dietética após o diagnóstico, foram significativamente menores durante a intervenção e por um período de 16,1 anos de seguimento mediano.

Os resultados apresentados, com um acompanhamento mais prolongado (mediana de 19,6 anos), mostrou uma redução de 15% no risco morte e 21% no risco de morte por câncer de mama.

Embora o benefício absoluto seja pequeno, de 0,01% (119 de 48.835 mulheres), o custo da intervenção e a ausência de efeitos adversos podem justificar a adoção de medidas dietéticas de longo prazo, como medida para aumentar a sobrevida das pacientes com câncer de mama.

Referência: Rowan T. Chlebowski; Aaron K. Aragaki; Garnet L. Anderson; Kathy Pan; Marian L. Neuhouser; et al. Dietary Modification and Breast Cancer Mortality: Long-Term Follow-Up of the Women’s Health Initiative Randomized Trial. DOI: 10.1200/JCO.19.00435 Journal of Clinical Oncology

Equipes Médicas

Agende uma consulta

Agende a sua consulta ou exame com nossos times multidisciplinares integrados pelos telefones:
(11) 3549-0665

AGENDE SUA CONSULTA