Boletim do Câncer

Boletim do Câncer
home · Notícias Sobre o Câncer · Precisamos capacitar profissionais no atendimento a quem enfrenta o câncer

Precisamos capacitar profissionais no atendimento a quem enfrenta o câncer

É cada vez mais comum lembrarmos de alguma história marcante, ou mesmo de um conhecido ou familiar, com o difícil diagnóstico de câncer. Isso porque a população está envelhecendo e vivendo mais, e o câncer se torna uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo.

O conhecimento e progresso da oncologia, a ciência que estuda os tumores, crescem rapidamente ano após ano, se tornando uma especialidade que integra profissionais de diversas áreas da saúde. A complexidade que esse grupo de doenças apresenta exige constante atualização para ser adequadamente tratada.

O olhar especial que cada paciente merece passa por acolhimento e por particularidades do seu problema — assim como existem peculiaridades no atendimento a vítimas de infarto, derrame ou demência.

O paciente com câncer é e será frequente em qualquer hospital, do pronto-socorro até a unidade de terapia intensiva (UTI). Seja em decorrência de efeitos colaterais provocados pelos tratamentos, seja por um sangramento intestinal repetitivo ou pela perda de peso significativa e não intencional…

Alguns desses sinais, é bom lembrar, são a primeira manifestação de um tumor maligno e podem ser identificados de forma eficaz por uma equipe bem treinada, antes mesmo de o indivíduo chegar ao consultório do oncologista. Isso evita inclusive um diagnóstico tardio e aumenta as chances de cura.

A maioria dos pacientes com câncer, em algum momento durante o curso da doença, passa pelo pronto-atendimento. Pode ser antes mesmo do diagnóstico ou devido a uma intercorrência durante o tratamento.

Uma educação continuada prepara os profissionais para suspeitar de um tumor ainda não diagnosticado e encaminhar o paciente a exames e, se necessário, ao especialista. E também os instrui a lidar com alguém que já está com o quadro confirmado.

Todas essas questões são contempladas na segunda Jornada de Urgências e Emergências Oncológicas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, que já conta com mais de 600 participantes. Devido à pandemia de Covid-19, este ano o evento acontece em formato online durante todo o mês de agosto.

Em aula inaugural e gratuita, a experiência do hospital no tratamento da Covid-19 foi tema de mesa-redonda com diversos profissionais e experts em telemedicina.

Os palestrantes convidados abordam os principais temas e desafios em emergências oncológicas através de casos clínicos com votação interativa pela audiência. O caráter multiprofissional é uma prioridade, com tópicos envolvendo do manejo de toxicidade em imunoterapia, controle de dor, náuseas e vômitos à abordagem do paciente idoso com câncer. A ideia é municiar os profissionais com conceitos e propostas capazes de salvar vidas.

A troca de experiências e a capacitação de médicos, enfermeiros, entre outros, são determinantes para criar um ambiente devidamente preparado ao atendimento do paciente com câncer, não importa onde ele estiver.

Equipes Médicas

Agende uma consulta

Agende a sua consulta ou exame com nossos times multidisciplinares integrados pelos telefones:
(11) 3549-0665

AGENDE SUA CONSULTA